quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Cicatrizes >0,5

Cicatrizes
carrego nesse violão
Que trastejam
nos acordes de perdão

De tão felizes
os amantes foram culpados
Hibernados
em profunda solidão

O que era pra ser amor
durou o tempo bastante
pra se perder

O que era sem fim
se quebrou bem no meio
Sangrou no começo do Sim

Sem nenhum plano bom
nem a promessa
de que tudo iria ficar bem

Será tão difícil assim de esquecer
o que eu lembro todos dias
Será que ainda as mágoas sobrepõem
as lembranças mais bonitas

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Rubro

Que vontade de deitar em seu rubro
Emudecer enquanto escuto
o vento da sua respiração se acalmar
Fazer do peito meu o seu escudo

É tão de bom sentir no escuro
seu ombro em meu queixo 
enquanto eu te durmo
Beleza sem explicação e não há
Fazer dos olhos seus o meu estudo
Dos braços meus o seu lugar seguro 

Te ver 
é assim como se fosse 
a primeira vez 
Não sei o que acontece 
como é que você fez
pra manter sempre o meu olhar fixo
e não ter como parar de admirar

Te ter
é assim tão importante
Que me fez 
pensar em você antes de mim
A minha melhor metade 
é você sim
E isso ninguém pode mudar

Faz assim
Eu te protejo 
enquanto você cuida de mim
E disso nunca vamos discordar
 

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Juliana

Juliana
Sua vida é comédia 
meio drama
De anti-heróis
super-babacas
que tem poderes tão sacanas

Esta noite vou ver Juliana
melhor notícia da semana
Fala o que quer
farei o que puder 
virar romance nessa trama

Juliana
Mulher Maravilha
Abraço de panda
Você se aventura em mim
guia completo aos fins de semana

Enquanto estou com Juliana
meu coração de nada reclama
Sabe o que quer
Menina Mulher
Chocolate, livros e pijama

Juliana
Séries, hqs e fliperama
O seu olhar toma conta de mim
inspira rimas tão cotidianas

Para de chorar Juliana
sai desse chão
levanta
E voa pro teu céu
de tinta e papel
Brilha feliz pra quem te ama

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Praça Pôr do Sol

Pôr do sol que lindo
pra fazer a ponte
do dia e a noite
e a lua acender

Quando o sol vai indo
descendo horizontes
bem pra lá se esconde
os sonhos perdidos

A cor do sol sumindo
e tudo enche de noite
de um luar novo e doce
só pra mim e você

O pôr do sol

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Estrelas Caídas

Eu vou seguir
as estrelas caídas
os ventos de despedidas
onde a dor perdure mais

Eu vou adotar
as promessas partidas
as mágoas retroativas
um amor feio e fulgaz

Eu vou seguir
pro resto da minha vida
essa paixão fudida
quando mais amo
mais perco a paz

Eu vou seguir você

segunda-feira, 30 de março de 2015

On The Ground Till The Roof

Cool, cool
very cool
I got everything
cause I've got you
You cannot fake it
This feelings are true
So give me what you've got
on the ground till the roof
get up, get up, get up

You were freezing in blue
pretty sad alone
when I caught you
Swimming in tears
Dreadful
I could hear your soul
crying inside of you
no more, no more, no more

So come over me
sweet and soft
Come over me
wild and hot
on the ground till the roof
C'mon, C'mon, C'mon

quinta-feira, 26 de março de 2015

Máquina do Tempo

A máquina do tempo
é que nos dirá
Vai nos revelar
face a face

Se fomos eleitos
a caminhar
no mesmo sonhar
E comungar de um só destino

E o que for alma transparecer
de gelo pra água
em arco íris vamos ter

A cor dos nossos segredos
pra colorir semblantes avessos
O tom de cada desejo
em bossas e marchas tropicais
de outros carnavais

Oferte o que vem da alma
Converte tudo o que é mágoa
Insere tudo o que acalma
Transfere, conserte
a dor que te amarra
A febre de madrugada
Inverte em tua estrada
Liberte o amor

quarta-feira, 11 de março de 2015

Fia

Fia é razão de tocar
de escrever um sonho pra cantar
Fia a culpa é toda sua
de eu compor exatamente assim
Faz parte de você
cresceu dentro de mim

Fia vá dizer
que um dia não ouviu
Cantando sem querer
as coisas que sentiu
Em cada trova doce
singela pouco velha
Guardo até hoje
em tinta azul folha amarela

Fia dá pra fazer
canção do seu prosar
Fia dá até pra ler
poesia em seu olhar

Faz parte de você
cresceu dentro de mim
Sou parte de você
Ô Fia

sábado, 14 de fevereiro de 2015

De Boa No Seu Lago

Olá Querida
como tem passado
esses dias
que não estive ao seu lado

Tens pensado em mim
como eu penso você

Eu te encontrei
no fundo dos meus sonhos
Mas acordei
eu vi que era só um sonho

Foi tudo tão real
senti teu cheiro
teu rosto
teu calor

Você me dá
todo o amor que tem
Mas eu sei
que existe mais de onde vem

Não posso calcular
quanto recebo
todo o amor que devo

Durma bem meu bem
que eu te quero bem
Você me deixa bem
bem sossegado
de boa no seu lago

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Sofia e a Montanha Azul

Pra onde vai
de onde vem
essa menina 
que faz bem 
só de ver
Os seus cachinhos a pular
Faz do seu tempo um brinquedo

No dia 30 de janeiro
foi sua festa de 3 anos e meio
Ela ajudou a enfeitar
aquele bolo de brigadeiro

Eu estive vigiando você
em cada passo
cada cor
rosa de querer
Cada laço
cada flor 
de vestido ou de cabelo

E não precisa mais crescer
pois você já toca o céu
em cima da montanha azul
e traz estrelas de papel

O seu sorriso pinta o sol
e brilha todo o meu dia
O seu sorriso pinta o sol
e brilha toda a minha vida

O seu sorriso pinta o sol

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Oi Ju

Oi Ju
por que se entristece
de todo o azul
E desaparece
que nem o sol pode vê-la
Você não sai de casa
quebraram suas asas

Oi Ju
não desperdice o seu tempo
em construir empreendimento
monumento em memória
das memórias esquecidas
dos sonhos perdidos

Toda vez que passo aqui
sinto o mesmo
Quando olho pra você
quebra o gelo
Quero ver você pedir
o seu desejo
mais doce
tão doce
bem doce

Toda vez que venho aqui
sinto o cheiro
de flores em seu cabelo
sua pele seus pelos
Vou fazer você sentir
essa sua dor
mais longe
tão longe
bem longe daqui