segunda-feira, 30 de março de 2015

On The Ground Till The Roof

Cool, cool
very cool
I got everything
cause I've got you
You cannot fake it
This feelings are true
So give me what you've got
on the ground till the roof
get up, get up, get up

You were freezing in blue
pretty sad alone
when I caught you
Swimming in tears
Dreadful
I could hear your soul
crying inside of you
no more, no more, no more

So come over me
sweet and soft
Come over me
wild and hot
on the ground till the roof
C'mon, C'mon, C'mon

quinta-feira, 26 de março de 2015

Máquina do Tempo

A máquina do tempo
é que nos dirá
Vai nos revelar
face a face

Se fomos eleitos
a caminhar
no mesmo sonhar
E comungar de um só destino

E o que for alma transparecer
de gelo pra água
em arco íris vamos ter

A cor dos nossos segredos
pra colorir semblantes avessos
O tom de cada desejo
em bossas e marchas tropicais
de outros carnavais

Oferte o que vem da alma
Converte tudo o que é mágoa
Insere tudo o que acalma
Transfere, conserte
a dor que te amarra
A febre de madrugada
Inverte em tua estrada
Liberte o amor

quarta-feira, 11 de março de 2015

Fia

Fia é razão de tocar
de escrever um sonho pra cantar
Fia a culpa é toda sua
de eu compor exatamente assim
Faz parte de você
cresceu dentro de mim

Fia vá dizer
que um dia não ouviu
Cantando sem querer
as coisas que sentiu
Em cada trova doce
singela pouco velha
Guardo até hoje
em tinta azul folha amarela

Fia dá pra fazer
canção do seu prosar
Fia dá até pra ler
poesia em seu olhar

Faz parte de você
cresceu dentro de mim
Sou parte de você
Ô Fia